Os resíduos sólidos urbanos resultam da actividade doméstica e comercial da população. Conhecidos igualmente por “lixo urbano”, os resíduos podem ser classificados como matéria orgânica (restos de comida…), papel (jornais, revistas…), plásticos (garrafas, embalagens…), vidro (frascos, copos…), metais (latas…) e outros (roupas, óleos de cozinha, resíduos informáticos…).

 

O que fazer aos resíduos?

A Autarquia disponibiliza por habitação um contentor de 80 L e de 120L para o comércio, para deposição indiferenciada de resíduos e procede à recolha dos resíduos em horário estabelecido (vide menu).

Depois de solicitados por escrito, a Autarquia disponibiliza também, a título de empréstimo, os contentores de 120 e 240 litros para colocação de resíduos, exclusivamente para eventos. Estes contentores são os mais adequados para um grande volume de resíduos. 

Quanto aos monos domésticos, os serviços municipais asseguram a sua recolha, caso solicitado junto do município e em horário a combinar com as partes.