ACORES-06-2012-FEDER-000019 Calheta – Água com qualidade

ENTIDADE BENEFICIÁRIA: Câmara Municipal da Calheta

OBJETIVO PRINCIPAL: Otimizar e gerir de modo eficiente os recursos hídricos numa ótica de utilização, proteção e valorização garantindo a melhoria da qualidade das massas de águas e otimização e gestão eficiente dos recursos e infraestruturas existentes, garantindo a qualidade no serviço prestado às populações e a sustentabilidade dos sistemas, no âmbito do ciclo da água.

CUSTO TOTAL ELEGÍVEL: 2.284.951,77€

APOIO FINANCEIRO DA UNIÃO EUROPEIA (FEDER): 1.942.209,00€

DATA DE APROVAÇÃO DA CANDIDATURA: 28-09-2020

DESCRIÇÃO

O abastecimento de água a este concelho suporta-se em dois subsistemas muito devido à descontinuidade geográfica das localidades, nomeadamente: Subsistema do Topo e subsistema da Calheta e dentro destes estão definidas 16 zonas de abastecimento que incluem 21 reservatórios, 46 nascentes captadas e 2 estações elevatórias e uma rede de distribuição com cerca de 150km de extensão. Nestes subsistemas diferem essencialmente a tipologia das captações por se tratarem respetivamente no subsistema do Topo de nascentes mais superficiais e localizadas na sua maioria em pastagens agrícolas e, no subsistema da Calheta de nascentes mais profundas localizadas na maioria em arribas costeiras, especialmente as mais representativas em debito de água e subsequente utilização.

Atendendo às caraterísticas e localização de cada captação, os materiais utilizados e respetiva conservação diferem assim, por exemplo, as nascentes localizadas em pastagens que requerem a execução de perímetros de proteção com barreiras físicas uma vez que nas suas imediações pastoreia gado, ao invés das captações em arribas costeiras protegidas pelo simples facto de estarem muito mais inacessíveis.

Neste momento a cobertura do sistema de abastecimento de água aos consumidores está e praticamente 100%, ainda que com elevada sobrecarga nas infraestruturas devido quase maioritariamente ao fim do seu período de vida útil e sob dimensionamento.

Este projeto de intervenção refere-se à reabilitação da rede de águas e reforço da disponibilidade hidráulica do concelho da Calheta, ilha de São Jorge.

As intervenções, reabilitações e investimentos a levar a efeito pertencem à conceção do sistema de abastecimento público utilizado para o abastecimento e distribuição de água, entre os quais a implementação dos perímetros de proteção às nascentes, a substituição de troços de conduta, execução de reservatórios de água, execução de câmaras de perda de carga, bem como a reabilitação das infraestruturas existentes quer ao nível de equipamento quer ao nível da construção civil, implementado em diversas freguesias do concelho, os quais na sua maioria são troços muito degradados com necessidade de substituição.

De entre os troços a executar estão previstos troços da rede de adução e troços da rede de distribuição.

 

RESULTADOS

A reestruturação do sistema de abastecimento de água é essencial para garantir a sustentabilidade futura de todo o sistema, evitando o cenário de uma eventual rotura por falta de recursos, quer físicos, quer financeiros do fornecimento de água, que se pretende que seja servida com um índice de qualidade de excelência.

A população servida pelas melhorias do sistema de abastecimento de águas desta intervenção abrange o concelho da Calheta na sua globalidade, com um total de 3800 pessoas.

 

UA-171282253-1